Pular para o conteúdo

Carrinho

Seu carrinho está vazio

Artigo: MUDAR 50% DA ALIMENTAÇÃO DE ORIGEM ANIMAL POR OPÇÕES À BASE DE PLANTAS PODE DIMINUIR O EFEITO ESTUFA

MUDAR 50% DA ALIMENTAÇÃO DE ORIGEM ANIMAL POR OPÇÕES À BASE DE PLANTAS PODE DIMINUIR O EFEITO ESTUFA
Ativismo

MUDAR 50% DA ALIMENTAÇÃO DE ORIGEM ANIMAL POR OPÇÕES À BASE DE PLANTAS PODE DIMINUIR O EFEITO ESTUFA

A revista Nature Communications publicou um estudo em setembro de 2023 que sugere que a redução em 50% do consumo de carne e laticínios por alternativas à base de plantas até 2050 pode trazer benefícios para o clima e biodiversidade. Os autores afirmaram que contribuiria para redução em até 31% dos gases do efeito estufa relacionados à agricultura e ao uso do solo.

A pesquisa comparou os impactos dos diferentes tipos de dietas alimentares. Como resultado, haveria a diminuição de 12% da área agrícola destinada à produção alimentar. Isso favoreceria o reflorestamento de áreas degradadas e a recuperação do solo de regiões com intensa atividade pecuária.

Essa troca pode contribuir com a diminuição da perda de biodiversidade de 2,1% para 0,9%. Mas, caso 90% dos alimentos de origem animal forem substituídos, essa perda de biodiversidade pode se reverter entre 2030 e 2040. Além disso, a mudança reduziria o consumo global de água em 10% e o número de pessoas subnutridas em até 31 milhões.

A pesquisa considerou as variações regionais de impacto, levando em conta o tamanho da população, produtividade agrícola e participação no comércio internacional na indústria agropecuária.

Na China, essa mudança seria responsável por 20% das reduções no uso de água e nitrogênio e pelo abandono de 25% das terras agrícolas. á o continente africano apresenta um maior potencial de diminuição da perda de áreas naturais, contribuindo para uma redução global de 37% na conversão de terras. A soma desta área com o Sudeste Asiático e a China, desempenharia um papel crucial na diminuição da perda de biodiversidade.

Os pesquisadores destacaram, porém, que essa transformação na alimentação só poderia ocorrer se houvessem principalmente intervenções políticas e inovações tecnológicas.

Para diminuir o próprio consumo de alimentos não-veganos é apropriado que haja uma mudança gradativa. O movimento Segunda Sem Carne, que propõe um dia na semana sem o consumo desses alimentos, é uma forma de se estimular a se experimentar novas receitas.

Tentar diminuir o consumo de alimentos derivados de animais gradativamente também é uma opção. Por exemplo, começar por períodos sem carne e, posteriormente, eliminar o frango quando a rotina permitir. Essas mudanças na alimentação devem ser supervisionadas por especialistas para garantir que estejam em conformidade com as necessidades do corpo.

Investir em produtos sem origem animal, como roupas, itens de higiene pessoal, cosméticos e perfumaria, é uma maneira de contribuir para o movimento. Na Essencial Organics, trabalhamos exclusivamente com produtos 100% naturais, certificados pelo selo PETA e Cruelty Free, garantindo que não realizamos testes em animais ou utilizamos ingredientes de origem animal.

Comprometemo-nos a oferecer produtos de alta qualidade alinhados aos princípios éticos de respeito aos animais. Estamos entusiasmados em ajudar a construir um mundo onde a aromacologia e a aromaterapia possam ser exploradas plenamente, sem comprometer a fauna e a flora

Deixar comentário

Este site é protegido por reCAPTCHA e a Política de privacidade e os Termos de serviço do Google se aplicam.

VEJA MAIS

MUDAR 50% DA ALIMENTAÇÃO DE ORIGEM ANIMAL POR OPÇÕES À BASE DE PLANTAS PODE DIMINUIR O EFEITO ESTUFA
Ativismo

MUDAR 50% DA ALIMENTAÇÃO DE ORIGEM ANIMAL POR OPÇÕES À BASE DE PLANTAS PODE DIMINUIR O EFEITO ESTUFA

A revista Nature Communications publicou um estudo em setembro de 2023 que sugere que a redução em 50% do consumo de carne e laticínios por alternativas à base de plantas até 2050 pode trazer benef...

Ver mais
SAIBA 4 DICAS PARA CUIDAR DA PELE NO VERÃO
Beleza

SAIBA 4 DICAS PARA CUIDAR DA PELE NO VERÃO

Por isso, separamos 4 dicas para aproveitar bastante o verão com a pele e corpo saudáveis.

Ver mais
SABONETE BOAS ENERGIAS: O QUE É E COMO USAR
Aromaterapia

SABONETE BOAS ENERGIAS: O QUE É E COMO USAR

O final do ano é ideal para revitalizar e fortalecer as energias. O Sabonete Boas Energias desempenha um papel crucial nesse processo de renovação. Com ingredientes 100% naturais, além de cuidar da...

Ver mais