DESCUBRA O ÓLEO ESSENCIAL DE LAVANDA FRANCESA

Conhecida na Provence como "ouro azul", esta planta é um tributo aromático para o sul da França. É a alma perfumada da região.

De cheiro doce, floral e herbal, com uma nota balsâmica. A Lavanda tem alto poder sobre o sistema nervoso, ajuda a combater o estresse, exaustão, irritabilidade, depressão e ansiedade; dores de cabeça, enxaqueca, insônia. Por ter um perfume suave que leva ao aconchego e a harmonia, é possível sentir suas propriedades de relaxamento quase que instantâneo ao seu uso.
 
RELAXANTE NATURAL
Aplicação: dermatite, fluxo irregular, cólicas, TPM, escaras, picadas de inseto, assaduras, leucorreia, queimaduras, pele seca, acne e espinhas, pele envelhecida, pele oleosa, pele inflamada, cabelos opacos, estresse, insônia, ansiedade, medo, agitação, dor de cabeça, histeria.
Hoje, lavanda é o mais utilizado óleo essencial no mundo. Os textos antigos dizem-nos que o óleo essencial de lavanda tem sido usado para fins medicinais e religiosos por mais de 2.500 anos.
 
Os egípcios usaram para mumificação e como um perfume. Os romanos utilizavam para tomar banho, cozinhar e para perfumar o ar.
 
Com origem na Provence, França, a lavanda é utilizada desde muito tempo. Desde antes das descobertas químicas, já se fazia uso do óleo essencial extraído da sua planta. O óleo essencial da lavanda é destilado a vapor e são necessários em torno de 200 kg de flores para cada 1 litro de óleo essencial.
As lavandas (popularmente conhecidas como alfazemas) são pequenas ervas, comumente empregadas em ornamentação.
 
Da lavanda se obtém um dos óleos mais populares no mundo dentro da aromaterapia. O termo lavanda vem do latim lavare, "lavar", por- que a planta era utilizada pelos romanos para lavar roupa, tomar banho, aromatizar ambientes e como produto curativo.
 
Na França, a colheita da lavanda ocorre entre julho e agosto, tendo variações em outros países conforme as estações do ano. As plantas são colhidas por máquinas quando estão com botões floridos. O processo de destilação é feito a vapor da planta fresca ou seca.
 
Dentre os diferentes tipos de óleos e classificações existentes temos:
Lavandula angustifolia é o nome em latim para a lavanda tradicional e clonada. São sinônimos em latim Lavandula officialis eLavan- dula vera.
 
O óleo essencial de lavanda é visto pela Aromaterapia como o óleo mais versátil, com propriedades calmantes, analgésicas, antidepressivas, antissépticas, anti-inflamatórias, bactericidas, descongestionantes, hipotensoras, repelentes, sedativas e vermífugas.
Um óleo que atua acalmando a agitação, útil em problemas de insônia e histerismo. Empregado em queimaduras, stress e regenerador celular e para dar a sensação de liberdade e paz.
 
O óleo essencial de lavanda pode ser aplicado diretamente na pele no caso da necessidade de alívio imediato. Já para fazer massagens ou banhos aromáticos, o óleo essencial deve ser diluído em óleos vegetais ou numa base neutra. Chamamos esses produtos de carreadores de óleo essencial. Exemplos de óleos carreadores: óleo vegetal de abacate, de gergelim, de semente de uva, de amêndoas e girassol.
O óleo essencial de lavanda, apresenta benefícios tanto na área cosmética quanto terapêutica.
 
O Óleo Essencial de Lavanda trata dores originárias por tensão, por excesso de esforço físico ou pancadas, alivia os sintomas de torcicolos, cólicas menstruais e estomacais, espasmos musculares, tendinites, dores nos pés e nas costas.
No ambiente o Óleo Essencial de lavanda proporciona paz, harmonia e aconchego. É excelente para equilibrar o ambiente.
Para a pele é excelente contra a acne. Controla a produção de gordura e atua como um forte antisséptico e cicatrizante. Recomenda-se lavar bem o rosto e aplicar uma gota nas erupções.
 
Terapeuticamente falando, a principal propriedade da lavanda é relaxar!
Para tratar ansiedade ou depressão, pode-se aplicar uma gota de óleo essencial de lavanda no peito e massageá-lo, ou diluir 10 gotas em álcool e acrescentar na água morna para um banho aromático relaxante que pode durar no máximo 20 minutos.
Para tratar dores de cabeça, 1 gota no local da dor (têmporas ou nuca) massageando suavemente e respirando fundo.
 
Para tratar insônia, banho aromático ou algumas gotas na fronha do travesseiro.
Aplicação em ferimentos como queimaduras. Se você encostar o dedo ou a mão no forno, a aplicação imediata do óleo essencial de lavanda puro elimina a dor e regenera o tecido.
 
Em bebês, pode ser aplicado contra cólicas. Basta 1 gota diluída em um pouco de óleo carreador e massagear o abdome do bebê em sentido horário. Para que ele relaxe, passar uma gota nas suas costas, massageando-a.
 
Para tratar medos e síndrome do pânico você pode fazer uma sinergia com 2 gotas de óleo essencial de lavanda e 1 de olíbano misturados com uma base neutra (Carreador) aplicando na nuca e pulsos.
 
O frasco do óleo essencial deve sempre ser guardado em lugar fresco e escuro e ser muito bem tampado pois é muito volátil.

Deixe um comentário